Relógio Quebrado

Tic. Tac. Tic. Tac. Tic. Tac.
Tic.
Tic.
Tic.
O que há de errado com o relógio?, eu me pergunto. Então percebo que não é o relógio. Não.
Sou eu.
Meus olhos estão úmidos, mas as lágrimas não caem. Meu coração dói. Muito. Mas ainda assim, nada delas caírem dos olhos. O que há de errado comigo?
Não dormi bem à noite. Então eu me sinto deliberadamente sensível. E cada palavra dita é como uma facada no meu interior. Algo que antes eu achava tão banal. O que houve comigo?
Acho que me iludi ao pensar que conseguiria esquecer. Sabe o que descobri?
Perdoar é uma coisa. Superar é outra.
Fingir que nada aconteceu funciona bem por um tempo, até que eu acordo desse sono surreal com sonhos psicodélicos e descubro o mundo cinza a minha volta. Sabe o que houve?
Meu coração se despedaçou. E passei todo esse tempo com os cacos amarrados sob uma frágil estrutura de enlace.
Tic. Tac. Tic. Tac. Tic. Tac.
Tac.
Tac.
Tac.
É. É o meu coração que agora caiu. Está ali, espalhado no chão. Te desafio a recolher os pedaços. Mais ainda, te desafio a uni-los novamente.
Tic.
Acho que consegui.
Tac.
Agora que começaram, acho difícil que parem de cair tão cedo. Desculpe, travesseiro, por esse banho.
Tic. Tac. Tic. Tac. Tic. Tac.
Tic.
Tac.

Estou perdida dentro de mim mesma, é o último sussurro que parte de meus lábios.


Posted on April/15/2011 With 4 notes
»SHARE THIS POST«


  1. reverseclock reblogged this from reverseclock-thinkaboutit
  2. reverseclock-thinkaboutit posted this





ABOUT
nanda. 21. brazil. reverseclock owner. write. read. be. live.

NAVIGATION
reverseclock archive ask anything more about me